Três Versículos Bonitos do Alcorão sobre Amor e Compaixão 

Como se sente quando ouve a palavra “casamento”? Quais emoções surgem em seu coração? Não nos surpreenderia se

Como se sente quando ouve a palavra “casamento”? Quais emoções surgem em seu coração? Não nos surpreenderia se dissesse felicidade, conforto e afeto.

Afinal de contas, o casamento é uma benção concedida ao casal, para que possa viver uma vida repleta de tranquilidade e harmonia. Tanto, que até mesmo no Alcorão Deus o descreve de forma extremamente bela.

1) Criada através de seu parceiro! 

Quando Adão abriu seus olhos e viu a face de uma mulher o encarando pela primeira vez, ficou surpreso. Então, perguntou-lhe por qual razão havia sido criada. Em resposta, ela disse que foi para acalmar sua solidão e trazer tranquilidade à ele. Os anjos, por sua vez, questionaram à Adão. Eles sabiam que ele possuía conhecimento sobre coisas das quais eles ainda não estavam familiares, e que esse conhecimento seria necessário para que a humanidade pudesse ocupar a terra. Perguntaram: “Quem é ela?“ E Adão respondeu: ”Ela é Eva.”

Em Árabe, Eva é conhecida como “Hawwa”. “Hawwa” é um nome que vem da palavra “Hay حَــيّ” , que significa “viver”. Eva também é uma palavra derivada de “Havva” , seu equivalente no hebreu antigo. Ela recebeu esse nome por ter sido feita através dele. E, como todos nós sabemos, Adão era um ser vivo. Vale ressaltar que tanto as passagens cristãs como as judeias relatam que Eva foi de fato criada através da costela de Adão—embora na tradição dos judeus, costela é uma palavra utilizada às vezes para se referir ao lado.

Ó humanos! Temei ao vosso Senhor, que vos criou de um só ser, do qual criou a sua companheira e, de ambos, fez descender inumeráveis homens e mulheres. Temei a Deus, em nome do Qual exigis os vossos direitos mútuos e reverenciaios laços de parentesco, porque Deus é vosso Observador.” [Alcorão 4:1] 

É narrado que, enquanto Adão estava dormindo, Eva foi criada através de sua costela esquerda, e, que após algum tempo, foi envolvida com carne. O profeta, que a paz esteja com ele, usou essa história como base para incentivar as pessoas a serem gentis com as mulheres.

Tratem as mulheres de boa maneira, pois mulheres são criadas de uma costela. A parte mais curvada da costela é a superior. Se tentarem fazê-la ficar reta, ela irá quebrar. Porém, se deixarem-na como está, manter-se-á curvada. Portanto, tratem as mulheres de boa maneira.” [Sarrir Al- Bukhari] 

2) Uma vestimenta! 

Elas são vossas vestimentas e vós sois as delas.” [Alcorão 2:187] 

Repararam o quão bela é a expressão utilizada por Deus para descrever o relacionamento que existe entre um homem e sua esposa? A palavra “vestimenta”, nesse contexto, é recheada de significados:

A- No nosso dia-a-dia, encontramos vários usos para as nossas vestimentas. Elas não são utilizadas apenas para aumentar nossa beleza, mas cobrem, também, qualquer defeito que possa existir no nosso corpo. Portanto, caso uma pessoa possua, por exemplo, uma cicatriz, essa vestimenta irá escondê-la das outras pessoas, tornando-as, assim, ignorantes do fato de que existe ali um defeito físico. O Alcorão incentiva que tanto o marido quanto a esposa sejam da mesma forma em relação um ao outro. Caso a esposa possua defeitos espirituais ou a falta de algo em seu caráter, então ele deve ocultá-los para evitar que estes sejam expostos às outras pessoas. Da mesma forma, a esposa também deve ocultar as fraquezas e deficiências de seu marido.

B- Outra função da vestimenta é o de cobrir o corpo da pessoa que o veste. Dessa maneira, tanto o marido quanto a esposa se tornam protetores e ajudantes um do outro, garantindo, assim, a honra do casal. Isso molda o estado do casamento em um santuário onde ambas as partes se sentem salvas e seguras, pois sabem que estão sob o cuidado alheio.

C- Uma boa vestimenta também passa uma ideia de paz e tranquilidade—duas qualidades que tanto o marido quanto a esposa devem encontrar um no outro.

3) Afeto e Piedade: 

Entre os Seus sinais está o de haver-vos criado companheiras da vossa mesma espécie, para que com elas convivais; e colocou amor e piedade entre vós. Por certo que nisto há sinais para os sensatos.” [Alcorão 30:21] 

Nesse versículo, vemos que Allah considera a criação do marido e da esposa como sinais de Sua grandeza. Além de tê-los criado, colocou Seu afeto e piedade em seus corações para que pudessem viver uma vida tranquila. Esse afeto e piedade, diga-se de passagem, são a base em que o casal se apoia, e derivam de dois outros nomes de Allah: “Aquele que é sempre Afetuoso” e “O Mais Misericordioso”. O relacionamento entre eles jamais deve se basear puramente em amor, desejo e paixão. Isso, pois essas coisas não transmitem a realidade de um casamento bem-sucedido. Se quiser saber o que é um casamento bem- sucedido, basta seguir o exemplo do mensageiro de Allah, que a paz esteja com ele. Nas tradições proféticas, é narrado que o profeta fazia questão de colocar sua boca no mesmo local em que uma de suas esposas, Aysha, havia colocado a dela na hora de beber alguma coisa. Além disso, em sua doença terminal, faleceu enquanto deitado em seu peito. Amor mais intenso do que esse é difícil encontrar.

Então, para finalizar, frisamos novamente que o casamento é um dos relacionamentos mais nobres que existem, e que a maioria dos profetas tiveram esposas.

Antes de ti havíamos enviado mensageiros; e lhes concedemos esposas e descendência…” [Alcorão 13:38]

Foi dito pelo mensageiro de Allah:

Quatro coisas fazem parte da tradição dos mensageiros: a modéstia, o uso do perfume, o uso do siwaak, e o casamento.” [Jami’ at-Tirmidhi]

Portanto, quem desejar prazer, conforto, felicidade e alegria, que siga o caminho dos profetas e se case.


Mais recursos:

um breve guia ilustrado para compreender o islÃ
* A Verdadeira Religião de Deus
* ebooks gratuitos em português

Outras línguas:

EnglishEspañol – Françaisрусский – Português

Share